facebook-pixel

Vamos conversar sobre o seu projeto

1
Sobre você
2
Sobre seu projeto

Fale sobre você

Desenvolvedor Front End Junior: O que Faz, Formação e Salário

home/blog/aplicativos/Desenvolvedor Front End Junior: O que Faz, Formação e Salário
Desenvolvedor Front End Junior: O que Faz, Formação e Salário

Um desenvolvedor front end desempenha um papel crucial na construção e aprimoramento da interface visual de uma aplicação ou site.


Este profissional é especializado em transformar os elementos de design em uma experiência interativa e acessível para os usuários finais.


O termo "front-end" refere-se à camada externa e visível da aplicação, incluindo layout, botões, formulários, e outros elementos que os usuários interagem diretamente.


Os desenvolvedores front end usam uma variedade de tecnologias, como HTML, CSS e JavaScript, para transformar designs concebidos por designers gráficos em interfaces funcionais e responsivas.


Eles são responsáveis por garantir a consistência visual, a navegabilidade intuitiva e a eficiência no carregamento de páginas.


Além disso, estão sempre atentos à experiência do usuário, buscando otimizar a interação e a acessibilidade em diferentes dispositivos e navegadores.


O que faz o Front end?

Profissionais front-end, também chamados de front end developer, desempenham um papel vital na construção de interfaces visuais de sites e aplicativos.

Sua principal responsabilidade é transformar os elementos de design concebidos por equipes de UX/UI em experiências interativas e acessíveis para os usuários. Utilizando linguagens como:


  • HTML;
  • CSS;
  • JavaScript;
  • TypeScript.
  • Python;
  • Swift;
  • Ruby;
  • Kotlin.


O front-end cria a estrutura, o estilo e a funcionalidade da parte visível de uma aplicação para que então seja seguido as outras etapas do projeito.


Esses desenvolvedores dedicam-se a assegurar a consistência visual, a responsividade e a usabilidade, garantindo que os usuários possam interagir de forma intuitiva em diferentes dispositivos.


Inclusive, enfrentam o desafio constante de otimizar o desempenho da interface e adaptar o código para garantir compatibilidade com diversos navegadores.


Quanto ganha um desenvolvedor de front-end?

O salário de um desenvolvedor front end no Brasil podem variar muito dependendo de uma série de fatores, como:


  • Experiência;
  • Localização geográfica;
  • Tamanho e setor da empresa.


Em geral, os profissionais mais experientes e com habilidades especializadas tendem a receber salários mais altos.


Para um desenvolvedor front end júnior, o salário médio pode variar de R$ 3.000 a R$ 5.000 por mês; desenvolvedores front-end de nível médio com ampla experiência e habilidades aprimoradas podem receber de R$ 5.000 a R$ 8.000 por mês. .


Já os desenvolvedores seniores, com ampla experiência e expertise em tecnologias específicas, podem ter salários que ultrapassam os R$ 10.000, chegando a valores mais elevados em regiões metropolitanas ou em empresas de grande porte.


Além dos salários fixos, muitos desenvolvedores de front-end também têm a oportunidade de receber benefícios adicionais, como bônus, participação nos lucros e pacotes de benefícios que incluem assistência médica, odontológica e outros incentivos.


É importante ressaltar que essas estimativas são médias e podem variar de acordo com as condições do mercado, a demanda por profissionais front-end e as circunstâncias específicas de cada empresa


Inclusive é ideal que o desenvolvedor que almeja salários e oportunidades melhores busque cursos e especializações como o de linguagens de programação como python front end ou semelhantes.


Quais são as melhores Faculdades do Brasil?

Para quem quer ser um desenvolvedor front end, que é o profissional que cria a interface dos sites e aplicativos, é importante escolher uma faculdade que ofereça um bom curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que é a área que abrange essa especialidade.


Segundo o MEC, que avalia a qualidade das instituições de ensino superior no Brasil, as 5 melhores universidades para quem quer se tornar desenvolvedor front-end são:


  1. Faculdades Anhanguera - nota 4,5;
  2. Estácio - Universidade Estácio de Sá - nota 4,3;
  3. Unopar - Universidade Norte do Paraná - nota 4,2;
  4. Anhembi Morumbi - nota 4,1;
  5. Centro Universitário UFBRA - nota 4,0


Dessa forma, quem estiver pensando em seguir a profissão de desenvolvedor pode começar a se planejar para buscar a melhor faculdade, mas levando em conta também a localização e grade de ensino.


Quais são os certificados importantes para o Mercado?

Quando se deseja começar a atuar na área de desenvolvimento front end, é necessário buscar a melhor qualificação possível para se tornar um bom profissional e atender aos requisitos do mercado.


A faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas não é o único caminho de qualificação para começar a atuar nesta área. Por isso, buscar um curso front end mais específico e conseguir certificados adicionais é tão valioso quanto o diploma.


Esses certificados são concedidos por instituições ou organizações reconhecidas, e servem como um diferencial para os profissionais que atuam nesse campo.


É preciso entender que existem diversos certificados de desenvolvimento front end, mas alguns dos mais importantes certificados de linguagens front end são:


  • HTML;
  • CSS;
  • JavaScript;
  • Angular JS;
  • Python.


Esses são alguns dos certificados mais importantes para o mercado de desenvolvimento front end, mas existem outros que podem ser interessantes dependendo do objetivo e da especialização.


Conclusão

O papel do desenvolvedor front end é fundamental na construção de interfaces visuais de websites e aplicativos, já que os mesmos são responsáveis por transformar designs em experiências interativas.


E como qualquer profissão em que se deseja destacar-se, a busca por se qualificar e o estudo devem ser constantes para atender aos requisitos do mercado de tecnologia, que inclusive cresce exponencialmente a cada ano.


Dessa forma, a combinação de educação formal, cursos especializados e certificações contribui para uma trajetória de sucesso como desenvolvedor front end.

Artigo deFernando CunhaCom mais de 15 anos de experiência em tecnologia e formado pela FAAP em Administração de empresas, hoje é o CEO da Mestres da Web, empresa referência no mercado nacional e com projeções de expansão internacional.